Sua Vida Vale um Livro?




Vivemos tantas coisas. Encontramos tantas pessoas e fazemos tantas descobertas. Ganhamos e perdemos. Em que lugar e de que forma poderíamos guardar tantas memórias? Rostos, pensamentos, frases, momentos, imagens, sensações, aromas, medos e obsessões. Anos de fatos e sensações entrelaçados dentro de nós enquanto o mundo também se transforma à nossa volta.

Os livros foram inventados como uma forma de contar histórias. Gostamos tanto delas, uns de lê-las ou ouvi-las, outros de escrevê-las e inventá-las.
Por que não tentar organizar de alguma forma uma parte de tudo aquilo que passamos ou vivemos?

Escrever também é uma forma de relembrar. Reorganizar e rever. Seja na ficção ou na simples recordação, sempre buscamos explicação para as coisas. A realidade e a ficção se alimentam uma da outra.

O que tanto move os escritores? Mais do que sucesso ou dinheiro, existe a busca de algo, de um sentido oculto em acontecimentos, coincidências, fatos estranhos ou inexplicáveis. Todos buscam algum sentido na existência ou algo que nem sabem explicar. Alguns de forma mais desesperada ou obsessiva.
Alguns passam a vida toda nessa busca.

Os romances e contos mais bem escritos foram aqueles que de alguma forma alcançaram a simplicidade na sua forma e estilo.
Livros nunca quiseram ser complicados. Histórias bem contadas sempre foram sua essência. Autores de todos os tipos e estilos souberam em algum momento encontrar um caminho.
Criamos o mito de um livro como algo inalcançável e privilegiado, que somente alguns mais possuídos de talento ou perseverança poderiam buscar.

Qualquer um pode quebrar esse estigma. É possível para cada um de nós tentar e encarar esse desafio. Não temos nada a perder, nem mesmo se não conseguirmos. Não tentar é a pior opção.
Seja na forma de memória, romance, poesia, ficção ou fantasia, todos podemos arriscar. A aventura maior é conseguir mergulhar na folha em branco e encontrar as primeiras palavras.

Livros são um convite para descobrirmos quem realmente somos, de uma forma ou de outra (escrevendo ou lendo).  Vamos sofrer com eles mas vamos também aprender e nos divertir durante o processo.
Nunca é tarde para começar e contar uma história ou desenvolver alguma ideia.

Escrever e publicar um livro pode ser uma forma de dar mais valor e sentido à sua vida.

Se você acha que tem algo a dizer e escrever, por que não começar agora?

Postagens mais visitadas deste blog

Novo Projeto - Jogo com Aventura e Ecologia

Viagens, Bicicletas e Caminhos

Escritores na Era Digital - Quem somos e para onde vamos?