Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

Sustentabilidade não tem hora marcada

Imagem
Sustentar algo é fazer da forma certa, trabalhar para que as coisas sejam sólidas e durem. Para isto é fundamental reciclar, reutilizar, renovar.
Por isso me preocupo com a repercussão e a responsabilidade de um evento como a Rio+20. A questão é que a sustentabilidade não pode ter hora  e data marcada, tem que ser atitude de todo dia, das pessoas, governos, empresas e instituições.
Não importa quem veio ou não, o que vale é o compromisso e o resultado das reuniões. Criou-se uma expectativa tão grande  - a nível mundial - que vai ser difícil atender a esta demanda. O marketing em torno disso nos colocou dentro de uma armadilha.
A Rio+20 ou aquilo a que se propõe tem que acontecer mesmo é de forma diferente.  Todos os dias, semanas e meses, com decisões e atitudes concretas de governos e empresas. Isso é o que esperam os cidadãos.
Na mídia a sustentabilidade é linda, virou um grande argumento de marketing e com maravilhosas criações publicitárias. 
Enquanto isso, na prática a gente vê …

LIVROS COM VOZ E IMAGEM

Imagem
Nestes tempos digitais  mesmo os livros de papel ainda podem encontrar novas formas de divulgar e vender, tanto por editoras quanto autores.
Este é o caso de Luis Henrique Pellanda, escritor com dois livros publicados, que colocou no ar um booktrailer, um clipe de 2 minutos, apresentando seu novo livro, “Nós passaremos em branco”.
As palavras, lidas pelo próprio autor, se misturam a imagens gráficas e uma trilha sonora que nos joga na atmosfera do livro. É filme,  é literatura.
Luís criou a peça em parceria com o amigo Rodrigo Stradioto, que fez a animação e trilha sonora. Não é uma propaganda, é mais uma recriação, como uma nova obra, como disse o próprio autor. 
Este vídeo é parte também do projeto electroficção, um blog de criação coletiva onde ele e outros autores convidados pretendem explorar estas formas alternativas de mídia.
Neste site estão também trechos deste último livro em áudio, com uma leve trilha sonora ao fundo. O resultado é instigante, curioso, nos dá uma sensação …

PORQUE O TWITTER É BOM DE COMUNICAÇÃO

Imagem
Uso o twitter desde 2009. Logo no início senti o potencial da ferramenta, pela sua simplicidade e rapidez. Muita gente comentou que não ia durar. Mas em poucos anos o pássaro azul conquistou milhões de seguidores, com o Brasil em segundo lugar.
Por trabalhar com comunicação gosto muito desse recurso, por sua rapidez  e transparência.  E com uma web cada vez mais acessada pelo celular nada mais útil. Você pode estar na rua ou em transito e interagir com pessoas, produtos e serviços, a 140 caracteres por hora.
Pode ser a trabalho,  ou para trocar mensagens rápidas,  pesquisar, comentar, filosofar ou se divertir. O Twitter é viral por natureza, tem instinto coletivo que mobiliza as pessoas. 
É um potencial de disseminação impressionante, como milhares de andorinhas migrando em questão de minutos ou horas.
Portanto dá para tirar algumas  dicas do Twitter sobre o que é fazer uma boa comunicação:
1)Menos é mais.
Os 140 caracteres considerados limitados são mais do que suficientes para  pass…